Tag: viagem

Viagem: ainda na vibe de Narcos, 5 lugares que já foram perigosos pra visitar

5 formerly dangerous places to visit today

Certas cidades, há não muito tempo atrás, seriam destinos turísticos impensáveis, salvo para os mais aventureiros ou aqueles que ouvem um chamado humanitário. Mas a história acontece, as coisas mudam, e muitos lugares que antes exigiam todo o cuidado e exibiam taxas de violência altíssimas agora recebem seus visitantes de braços abertos, com muito mais segurança. De quebra, não fazem parte dos destinos turísticos tradicionais, evitando aquele crowd de gente com pau de selfie na mão que, né? Pode dar no saco kkk! Bora acrescentar uns lugarezinhos à lista de viagem?

Medellín – Colômbia Medellín, por David Peña

Alô Narcos! Alô Netflix! Eu assisti, você assistiu e quem ainda não viu, que veja a série, de preferência sabendo que a antes extremamente violenta metrópole, dominada pelo terrorismo dos carteis e de Pablo Escobar em especial, agora é o símbolo de uma Colômbia que renasce moderna e cheia de encantos.

Sarajevo – Bósnia e Herzegóvina Sarajevo, por Michal Huniewicz

Duas décadas depois do fim da Guerra da Bósnia, que deixou a região em ruínas e Sarajevo famosa pela violência, o país vira a página e constrói nova história. Ainda que a guerra tenha ficado para trás, o turismo local obviamente explora seus acontecimentos para atrair turistas. Mas isso não é tudo: a cidade concentra igrejas católicas, mesquitas, sinagogas, belíssimas construções e preços convidativos. Deixe o preconceito de lado e faça um pit stop por lá.

Beirute – Líbano Beirute, por Salih IGDE

O Líbano viveu uma destruidora guerra civil entre 75 e 90. Anos depois, em 2006, uma guerra com Israel acabou com o país, num ataque de mais de 30 dias. Ainda assim, Beirute é conhecida como “a Paris do Leste” e tem uma arquitetura bem linda, que mistura cais?!

Jerusalém – Israel Jerusalém, por Berthold Werner

A cidade sagrada de Jerusalém, centro espiritual do judaísmo, islamismo e cristianismo, foi disputada entre Israel e Palestina. Israel ganhou a batalha, mas as rusgas dessa disputa seguem existindo. especialmente nos anos 90, a cidade sofreu com muitos ataques terroristas. Agora as coisas estão mais calmas, e Jerusalém transpira história e religiosidade, o que faz desse um destino único e inesquecível.

Cidade do Panamá – Panamá Piscina do Trump Tower na Cidade do Panamá, por Sergejf

Como o contrabando tem papel importante na economia local, a cidade consequentemente luta bastante contra a violência. Os números diminuíram, ainda que gangues permaneçam tocando certo terror por lá. Mas, ó, vai sim, que lá tem bairros bonitos (o novo, o velho…), boa comida, bares bacanas e um visu mara.onstruções antigas e prédios modernos. A cidade ainda tem noite das boas e praia. Quer mais?

ENGLISH

Certain cities used to be inthinkable tourist destinations not long ago, except for the more adventurous or those who hear a humanitarian calling. But things change and many places that previously required all the caution and exhibited very high violence rates now receive their visitors with open arms and more security. Besides, those places are not part of the traditional tourist destinations, which is perfect to avoid crowds with selfie sticks walking around, yay! Let’s add new places to our travel list?

Medellin – Colombia Well hello Narcos! Everybody watched the new Netflix series. You have not? Well, watch it preferably knowing that the city that used to be extremely violent and dominated by the terrorism of the cartels and Pablo escobar in particular is now the symbol of a colombia that is reborn modern and charming.

Sarajevo – Bosnia and Herzegovina Two decades after the end of the Bosnian War, which left the region in ruins and made Sarajevo famous for the violence, the country turns the page of its history. Although the war is behind them, the local tourism likes to explore that part of their history to attract tourists, but that’s not all! The city concentrates Catholic churches, mosques, synagogues, beautiful buildings and attractive prices. Sarajevo deserves a pitstop!

Beirut – Lebanon Lebanon experienced a destructive civil war between 1975 and 1990. Years later, in 2006, a war with Israel destroyed the country in an atack that lasted more than 30 days. Still, Beirut is known as “the Paris of the East”, with a beautiful architecture that blends old and moderns buildings. The city is on the beach and also has great parties. What else do you need?

Jerusalem – Israel The holy city of Jerusalem, the spiritual center of Judaism, Islamism and Christianity, was fought between Israel and Palestine. Israel won the battle, but the dispute still exists and especially during the 90’s the city suffered with many terrorist attacks. Things are calmer now and Jerusalem exudes history and religiosity, which makes this a unique and unforgettable destination.

Panama City – Panama The city fights violence since smuggling plays an important role in the local economy. The violence numbers declined, although gangs remain acting there, and now this is a more accessible destinations with beautiful neighborhoods (new and old ones), good food, cool bars and a lovely cityscape.

Viagem: 7 lugares para visitar com o dólar alto

Places to go with the appreciation of the US dolar (if you are not American)

A alta do dólar não precisa estragar os seus planos de férias fora do país! Se o seu orçamento é limitado, mas você não quer desistir de uma trip diferente, existem várias boas escolhas de destinos cujo custo diário será definitivamente menos salgado (o que inclusive compensa passagens caras) do que insistir em Nova York. Melhor ainda, esse pode ser o empurrãozinho que faltava para você investir naquele país exótico que sempre fica pra depois na sua lista de viagens. Elencamos alguns bons destinos pra sair do país em tempos de dólar alto (além do óbvio, que são nossos vizinhos da América Latina, tá?!), confere e se joga!

Cidade do Cabo - África do Sul

O real valorizado em comparação ao rand, a moeda local, inglês como uma das línguas oficiais, uma fauna mundialmente famosa e praias incríveis em seu entorno fazem da Cidade do Cabo uma ótima pedida.

Cairo - Egito

O baixo custo das atrações turísticas e de hostels legais compensa o preço da passagem. Vai dizer que você nunca quis ver uma pirâmide de perto? Então aproveita!

Nova Délhi - Índia

Tudo bem, as passagens para a Índia podem sair meio salgadas, mas os passeios são baratos, os hotéis podem sair beeem baratex (mesmo hospedagens de luxo, ôpa!) e os hostels nem se fala. Invista.

Bali - Indonésia

Nem se intimide pelos preços das passagens, já que lá você pode se hospedar muito bem por precinhos camaradas. Melhor, dá uma olhadinha nas casas incríveis do Airbnb e nos seus valores ainda mais lindos. Ah! E ir à praia sai de graça.

Istambul - Turquia

De um lado a tradição e a carga histórica do Oriente, de outro a modernidade e o agito do Ocidente. Assim é essa cidade, a única dividida entre dois continentes no mundo! Aquela história, os passeios e a hospedagem podem sair bem em conta, compensando passagens de avião.

Praga - República Tcheca

Seu povo é um dos mais cervejeiros do mundo, sua noite é animada e a cidade é linda, com aquele ar histórico europeu que brasileiros tanto amam.

Budapeste - Hungria

Outra cidade cuja arquitetura e a história se misturam lindamente, a capital da Hungria surgiu da união de duas cidades; Buda e Pest. O resultado é impressionante e os preços de serviços e hospedagem são camaradas.

ENGLISH

If you are not an American and you’re on a budget but wants to travel anyway, there are several great destinations for you to choose that are possible even with the high dollar. Places with low daily costs and exotic attractions that are usually picked last, at least by most Brazilians. Check out these awesome destinations around the globe (beyond our obvious Latin America beloved neighbors, okay?!) and start planning your next trip.

Cape Town (South Africa) With English as one of the official languages, a world famous fauna and amazing beaches nearby, Cape Town is a great place to visit.

Cairo (Egypt) The low cost of tourist attractions and hostels compensates the value of the tickets. You certainly dream about seeing a pyramid closely.

New Delhi (India) The tickets may be a little expensive, but the tours, hostels and hotels (even the luxury accomodations) can be very, very cheap!

Bali (Indonesia) Ticket prices are compensated by cheap and beautiful accomodations (take a peek ate the awesome Airbnb houses). Also, going to the beach is for free!

Istambul (Turkey) History, tradition and modernity combine in the only city divided between two continents in the world, mixing East and West features.

Prague (Czech Republic) Its people are the biggest beer lovers, its night is lively and the city is beautiful.

Budapest (Hungary) Another city in which architecture and history blend together beautifully. The capital of Hungary emerged from the union of two cities: Buda and Pest. The result is amazing, with acceptable services and hosting prices.

A Arte de Viajar Pelo Brasil: 10 destinos paradisíacos

Brazilian paradises you must visit

Eita país rico em belezas naturais, esse nosso Brasil! Gigante pela própria natureza, nos presenteia com paisagens abundantes, fauna e flora opulentas e cenários que vão do mar à montanha, passando por dunas e florestas. Sim, “já tá podendo” esfregar tamanha fartura na cara da sociedade! Que tal aproveitar os recessos que se aproximam para desbravar nosso território? Pode ir assaltando o cofrinho e preparando a mala, porque nós listamos 10 destinos brasileiros paradisíacos que vão te deixar de queixo caído.

Monte Roraima

Se você não é aquele personagem da novela que chega ao topo da montanha de helicóptero, prepare-se para um passeio que inclui muito trekking e até travessia de fronteira, já que só é possível chegar lá pela Venezuela. A recompensa? Um dos lugares mais deslumbrantes do Brasil, pouquíssimo explorado, com riachos, piscinas naturais, plantas exóticas e rochas milenares.

Jalapão

Conhecido como “deserto brasileiro”, o Parque Estadual do Jalapão fica a leste do Tocantins, entre Bahia, Maranhão e Piauí. Lá o mar virou sertão e deixou para trás poços, rios, dunas, montanhas de pedra gigantescas, rochas da era mesozoica e cachoeiras, além de diversas espécies de animais e plantas. Uma exuberância só!

Fernando de Noronha

Um dos destinos mais incensados do país não carece de maiores apresentações, certo? Este arquipélago de 21 ilhas e ilhotas é parte de Pernambuco e possui uma natureza muito, mas muito extravagante. Formações vulcânicas, águas cristalinas e golfinhos garantem seu título de paraíso brasileiro.

Genipabu

Dunas a perder de vista e lagoas de água doce. Se isso não é a definição de paraíso, meu amigo, então não sabemos o que é. Genipabu, no Rio Grande do Norte, possui um cenário quase “Aladinesco”, por assim dizer. Um oásis onde dá pra passear de dromedário, descer dunas de esquibunda, dar um rolé de bugue e até tomar um morno banho de mar.

Porto de Galinhas

A praia perfeita, com piscinas naturais, corais, águas mornas, coqueirais… Sabe aquele cenário no qual você se imagina sempre que as férias se aproximam? Então. Foi eleita “A Melhor Praia do Brasil” diversas vezes pela revista Viagem e Turismo. Ahh, Pernambuco!

Jericoacoara

Lá, você pode se revezar entre banhos de mar, uma cervejinha esperta na beira da praia, kite e windsurfe e rodas de capoeira durante o dia. De noite, se jogue nos forrós e, se tiver força, fique até o amanhecer arrastando a sandália, pra depois ver o sol nascer bem lindo nesse destino cearense que ainda se mantém rústico, apesar das investidas turísticas.

Lençóis Maranhenses

Dunas branquíssimas e quilométricas dividem espaço com lagoas de águas cristalinas e coloração azulada e/ou esverdeada. Como se já não fosse o suficiente, rios completam o cenário, que proporciona um pôr do sol de provocar lágrimas. Entre junho e setembro as lagoas estão completamente cheias, ou seja, melhor época.

Bonito

O nome já diz: Bonito é bonito, mesmo. É lindo! Sim, temos um litoral gigantesco, mas essa cidadezinha fica no interior do país, no Mato Grosso do Sul. Lá, podemos encontrar águas cristalinas circulando por rios, cachoeiras, grutas e cavernas que tiram o fôlego dos desavisados. Embaixo d’água peixinhos dos mais coloridos nadam calmamente. Mergulhe!

Praias de Antigos e Antiguinhos

Paraty, no Rio de Janeiro, já é uma cidade famosona por seus atributos naturais e culturais. Mas as estrelas do post de hoje, aquelas que ficam com o título de paraíso, são as praias de Antigos e Antiguinhos. De difícil acesso (bora preparando os muques da perna pra trilhar?), as duas são cercadas por montanhas e árvores, têm águas transparentes e em Antiguinhos rolam até riachos de água doce.

Ilha do Mel

As melhores praias do Paraná ficam ali na Ilha do Mel. O acesso é feito de barco e lá não rola carro, o que garante um ambiente idílico. É um lugar para caminhar sem pressa, curtindo as paisagens envoltas em Mata Atlântica, as praias desertas, as piscinas naturais ou um bom surfe.

ENGLISH

Brazil is a super rich country when it comes to natural beauty. A vast territory that presents us with abundant landscapes, opulent fauna and flora and scenerios that vary from sea to mountains, from dunes to forests. How about enjoy your next vacation in one of those amazing places? Prepare your wallet and your bag, because we have listed 10 Brazilian paradises that will blow you away!

Mount Roraima Get ready for a tour that includes trekking and even border crossing, once it is only possible to get to Mount Roraima through Venezuela. The reward? One of the most beautiful places in Brazil, very little explored, with streams, natural pools, exotic plants and ancient rocks.

Jalapão Known as the “Brazilian desert”, the Jalapão park is on the east of Tocatins state, between Bahia, Maranhão and Piauí. The sea was once part of the landscape over there, and left behind rivers, dunes, gigantic stone mountains, rocks from the Mesozoic era and waterfalls, besides several species of animals and plants. Pure exuberance!

Fernando de Noronha One of the most desired destinations in the country needs no further presentations, right? This archipelago of 21 small islands is part of Pernambuco state and has an extravagant nature. Volcanic formations, crystal clear waters and dolphins ensure the title of Brazilian paradise.

Genipabu Dunes to lose sight of and freshwater lagoons. If this is not the definition of paradise, my friend, please tell me what is! Genipabu, Rio Grande do Norte, has an “Aladin like” scenario, so to speak. An oasis where you can ride camels, play in the dunes, enjoy buggy rides and even take a warm swim in the sea.

Porto de Galinhas The perfect beach, with natural pools, corals, warm water, coconut trees… Think of that scene in which you always imagine yourself when the holidays approach. Porto de Galinhas won several times a magazine contest for “The Best Brazil Beach”. Ahh, Pernambuco: what an amazing state!

Jericoacoara A place where you can take turns between bathing, drinking beers by the beach, kite and windsurfing and playing capoeira during the day. At night, how about some typical dance called forró? If you have the strength, stay awake dancing until the sun comes up and watch the sunrise in this beautiful Ceará state destination that remains rustic, despite the tourism.

Lençóis Maranhenses White dunes share space with crystal clear lagoons that have green/blue shades. Not enough for you? Well, rivers complete the picture and the scenario provides a killing sunset that makes you wanna cry. Go between June and September, when the lagoons are completely full.

Bonito Bonito means beautiful in Portuguese and that is what this place is: beautiful! Yes, Brazil has a huge coastline but this is a town within the country, in Mato Grosso do Sul state. There, we can find clear waters in rivers, waterfalls, caves and caverns that will take your breath away. The most colorful fishes swim in those waters so the tip is: dive!

Antigos and Antiguinhos beaches Paraty, in Rio de Janeiro, already is a famous city for its natural and cultural attributes. But the stars of today’s post, the ones that stick with the paradise title, are Antigos and Antiguinhos beaches. Prepare to walk, since those two are hard to arrive, but believe in the reward: you’ll find beaches surrounded by trees and mountains, with transparent waters and even some streams in Antiguinhos.

Ilha do Mel The best beaches in Paraná state are there, in Ilha do Mel. The access is by boat and theres no car around the island, which ensures an idyllic flair. It is the perfect place to take those long walks on the beach, enjoying the landscapes surrounded by the Atlantic Forest, the deserted beaches, the natural pools and also the good waves for surfing.

Imagens: divulgação

Roteiro de Arte no Brasil: onde encontrar?

A guide to see art in Brazil

A-do-ra-mos fazer roteiros culturais quando viajamos pra fora! Visitar museus, ficar de olho na arquitetura, sacar um pouco mais da história daquele lugar ou ver de perto os mais diversos movimentos artísticos são motivos de animação. E aí que, às vezes, acabamos esquecendo que o nosso país também tem destinos mara quando o assunto é arte. Assim, inspirados pela Arte de Viajar Pelo Brasil, montamos um roteirinho artsy dos bons, pra você pegar a estrada djá!

Amazonas: Começamos em Manaus. Que tal visitar o Teatro Amazonas? Inaugurado em 31 de dezembro de 1896, ele é hoje uma das obras arquitetônicas mais importantes do país e representa o período áureo da borracha, sendo patrimônio artístico do estado. Vai lá que é lindo, lindo.

Distrito Federal: Brasília é uma cidade-monumento. Projetada por Lúcio Costa, possui um formato de ave com asas abertas e, de quebra, é tomada pela arquitetura cheia de curvas de Oscar Niemeyer, o que confere tanta modernidade à cidade, que inclusive impulsionou o Construtivismo no Brasil. Ou seja, museu a céu aberto, né?

Pernambuco: Da capital, pulamos direto pra Recife, já que o Instituto Ricardo Brennand é um must go da cidade. Veja tapeçarias, esculturas, mobiliário e pinturas de diferentes épocas e provenientes de Europa, Ásia, África e América, reunidas durante mais de 50 anos pelo colecionador homônimo, num complexo arquitetônico com cara de Medieval.

Bahia: O Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM) fica no Solar do Unhão, lugar privilegiado com arquitetura do século 17 (tem capela, casa grande e senzala) e na beira da Baía de Todos os Santos. O acervo é grande e conta com artistas como Cândido Portinari e Di Cavalcanti. Ainda na cidade, o Palacete das Artes Rodin Bahia é outro que merece visita, com quatro peças de Rodin em seus jardins e exposições temporárias de arte moderna e contemporânea. Tá pensando que a Bahia é só Axé?!

Minas Gerais: Os mineirins têm o sotaque mais delícia desse Brasil e também muita arte pra oferecer, começando por Inhotim. O centro de arte contemporânea iniciado por Bernardo Paz abriga um dos mais importantes acervos do nosso continente (#modéstia) e fica em Brumadinho. Lá, você pode ver obras de Olafur Eliasson, Cildo Meireles, Hélio Oiticica, Matthew Barney, Yayoi Kusama… A interatividade é ponto alto. E que tal dar um pulinho em Ouro Preto? A cidade é monumento nacional e reúne um grande acervo religioso, contando a história do nosso país com obras de Aleijadinho e Mestre Ataíde, por exemplo.

São Paulo: Alô destino mais cosmopolita desse país! Sampa reúne um bocado de museus e galerias para amante de arte nenhum botar defeito! Do Museu de Arte Moderna (MAM) ao MASP. Da Pinacoteca ao Instituto Tomie Ohtake. Do Museu da Imagem e do Som (MIS) ao Museu de Arte Contemporânea (MAC). São paulo transpira arte inclusive nas suas ruelas e avenidas, já que a arte urbana também é seu forte. Tem que ir!

Rio de Janeiro: O Rio pode continuar lindo, mas vamos ali pra Niterói, onde fica o Museu de Arte Contemporânea de Niterói. Aquele mesmo, cuja arquitetura projetada por Oscar Niemeyer é reconhecida no país todo. Além da vista, você pode apreciar o acervo que possui obras de Hélio Oiticica e Tomie Ohtake. Ah! No Rio, o CCBB, a Casa Daros e o Museu de Arte do Rio (MAR) também merecem atenção, hein!

Rio Grande do Sul: Bah! Porto Alegre está cheia de opções pra quem curte um bom museu, mas dois deles são realmente imperdíveis: o Museu de Arte Moderna do Rio Grande do Sul (MARGS), com seu enorme acervo, e a Fundação Iberê Camargo, que reúne obras do artista de mesmo nome e realiza expos de arte contemporânea. Fique de olho na sua arquitetura e feche com chave de ouro esse roteiro artsy brasileiro!

ENGLISH

We Brazilians love to do cultural tours when we travel to other countries. Visit museums, keep an eye on the architecture, learn a little bit more about the new places and take a close look to different artistic movements are reasons for excitement. Sometimes, we simply forget that our country also has wonderful destinations when it comes to art and that’s why we put together a travel plan for you to see art in Brazil. Let’s go!

Amazonas: We’ll start in Manaus. How about visiting the Amazonas Theatre? Opened in December 31, 1896, it is now one of the most important architectural masterpieces in the country, representing the golden age of rubber and an artistic heritage for the state. You should go, ‘cause it’s a beautiful, beautiful building.

Distrito Federal: Brasília is a city-monument. Designed by Lúcio Costa, it has a “bird with open wings” format and it is taken by the curves of Oscar Niemeyer’s architecture, which ensures the city’s modernity that boosted Constructivism in Brazil. Well, it’s like an open-air museum, right?

Pernambuco: From the capital we go straight to Recife, as the Ricardo Brennand Institute is a must go in this city. See tapestries, sculptures, furniture and paintings from different eras and from Europe, Asia, Africa and America, all gathered in over 50 years by Brennand, in an architectural complex with a Medieval flair.

Bahia: The Museum of Modern Art of Bahia (MAM) is housed in Solar do Unhão, a privileged place with 17th architecture and an ocean view. Its collection is large and features artists like Cândido Portinari and Di Cavalcanti. The Palacete de Artes Rodin Bahia is another museum that deserves your visit, with four pieces of Rodin in its gardens and temporary exhibitions of modern and contemporary art.

Minas Gerais: This state has a lot of art to offer, starting with Inhotim, in Brumadinho. This contemporary art center started by Bernardo Paz houses one of the most important collections of our continent. It features artists like Olafur Eliasson, Cildo Meireles, Hélio Oiticica, Matthew Barney and Yayoi Kusama, and the interactivity is key to the experience over there. You shoul also go to Ouro Preto, a small city considered a national monument, full of religious Brazilian art.

São Paulo: Well, hello to our most cosmopolitan destination! São Paulo is full of museums and galleries, such as the Modern Art Museum (MAM), MASP, the Pinacoteca, the Tomie Ohtake Institute, the Museum of Image and Sound (MIS) and the Museum of Contemporary Art (MAC), to name a few. There’s art everywhere, even in the streets, sice its urban art is also potent. You have to go!

Rio de Janeiro: Let’s go to Niterói, where the Museum of Contemporary Art of Niterói stays. A building with a famous architecture designed by Oscar Niemeyer and recognized all over the country, featuring works by Hélio Oiticica and Tomie Ohtake, for example, besides a great view. In Rio, you can go to the CCBB, Casa Daros and Rio Museum of Art (MAR).

Rio Grande do Sul: Porto Alegre is full of options for those who enjoy a good museum, but two of them are a must go: the Modern Art Museum of Rio Grande do Sul (MARGS), with its huge collection, and the Iberê Camargo Foundation, which brings together works of the artist and contemporary exhibits. Keep an eye on its architecture and end this trip in an amazing way!

Fotos de Reynaldo Stavale, Fernando Vivas, Mirele Pacheco e divulgação

5 destinos brasileiros para acalmar corpo e alma

Travel tips for those who want to feel brand new

Fim de ano batendo na porta e a ansiedade pelo que vem por aí se mistura com o cansaço de toda uma rotina que incluiu trabalho, trânsito, buzina, balada, ressaca, mais trabalho e até eleições, num flood infinito de informações. Dá uma vontade absurda de se renovar, não dá? Pois não precisa ir tão longe pra conseguir. Listamos 5 destinos brasileiros que oferecem diferentes atrações para esfriar a cuca, entrar em contato com a natureza ou até viver experiências místicas. Respire fundo, confira e já vá se planejando!

Alto Paraíso de Goiás (GO)

Certamente a cidade com a melhor infra da Chapada dos Veadeiros, mas nem por isso menos mística. Se você busca um esquema mais confortável, pode se hospedar num hotel e ainda assim ter acesso a belezas naturais como enormes cachoeiras, cânions e minas de quartzo. Na cidade, os mais diferentes turistas convivem na maior paz, espalhados entre lojinhas de cristais e construções em formato de pirâmide e gota.

Vale do Pati (BA)

A trilha que atravessa o Vale do Pati, na Chapada Diamantina, é uma das mais bonitas e famosas desse Brasilzão! A rota mais comum dura cinco dias, saindo do Capão e chegando em Andaraí. O esquema é roots e envolve muitas horas de caminhada, se hospedar na casa de nativos e se banhar nos mais bonitos poços e cachoeiras da região. Não há detox mais poderosa!

Garopaba (SC)

Garopaba é destino conhecido do litoral de Santa Catarina, tem estrutura e é point de surf, mas ei!, esse não é o seu foco. O Centro Montanha Encantada é um instituto de Yoga que oferece, além da prática oficial, Pilates, Meditação e Terapias Ayurvédicas, além daquele cheirinho de mato típico do contato com a natureza. O local é cheio de programações e aceita grupos ou viajantes solitários. Pra voltar zen!

Festa Mariri (AC)

Num local remoto do Acre fica a aldeia Mutum e é lá que acontece a Festa Mariri Yawanawá, da tribo Yawanawá. São cinco dias de manifestações culturais e espirituais voltadas para as comunidades indígenas, mas até 50 turistas podem participar dos festejos. Pinturas corporais, danças, brincadeiras infantis, cantos e ayahuasca se mesclam com a natureza abundante da região. Uma experiência pra nunca esquecer.

Riacho Doce (ES)

Difícil acreditar que ainda existam nesse nosso litoral praias quase selvagens e pouco exploradas que não tenham acesso comprometido. Riacho Doce, que fica bem na divisa entre Espírito Santo e Bahia, é assim. Tudo bem que chegar não é exatamente fácil — são 10km a pé ou 17km de carro —, mas um riacho de água escura, formações de corais, dunas (e um ou outro quiosque) te esperam do outro lado. A praia, que faz parte do Parque Estadual de Itaúnas, é um mini paraíso do qual não podemos reclamar.

ENGLISH

Here comes the end of another year and along with it the fatigue of a whole routine that included lots of work, some parties, some hangovers and more work. Well, aren’t we all tired and crazy for some renewing activities? We listed five Brazilian destinations that offer different attractions for those who want to chill, get in touch with nature or even enjoy mystical experiences. Take a deep breath, check it out and get ready!

Alto Paraíso de Goiás (Goiás)

Certainly the city with the best infrastructure of Chapada dos Veadeiros, but not less mystical. If you seek a more comfortable stay, you can choose a hotel and still have access to natural wonders like waterfalls, canyons and quartz mines. The city hosts the most different tourists, all together and in peace hanging around crystal shops and buildings in the shape of pyramids and drops.

Vale do Pati (Bahia)

The track that crosses the Pati Valley at Chapada Diamantina is one of the most beautiful and famous of Brazil! The most common one lasts five days, leaving Capão and arriving in Andaraí. It is not an easy path and involves many trekking hours, staying at natives houses and bathing in gorgeous waterfalls. No detox is more powerful!

Garopaba (Santa Catarina)

Garopaba is a popular destination in the coast of Santa Catarina, which has structure for tourists and surfing points but hey!, this is not your focus. The Montanha Encantada center is a Yoga center that also offers Pilates, meditation and Ayurvedic Therapies, besides the intense contact with nature. The place is full of activities during the entire year and accepts groups and loners. To feel super zen!

Mariri Party (Acre)

In the middle of the woods in the state of Acre lies Mutum Village, where the Mariri Yawanawá party takes place. The Yawanawá Indian tribe conducts five days of cultural and spiritual manifestations facing indigenous communities, but up to 50 tourists can join the festivities. Body painting, dances, children’s games, songs and ayahuasca are part of the agenda, in an environment full of nature.

Riacho Doce (Espírito Santo)

It is still possible to find some little explored beaches in Brazil’s coastline. The problem is: are they easy to get to? Riacho Doce, which is right in the border of Espírito Santo and Bahia states, will do the job. Okay, its not exactly easy to get there, once you have to walk 10km or drive 17km, but on the other side you’ll find coral formations, a stream of dark water, dunes and some small bars. Can’t complain!

Fotos: Jean Carneiro / Divulgação

Feriadão em Punta del Este

foto: J.D. Oliver/Coletivo Luna

Quem me segue no instagr.am (@caiobraz) deve ter acompanhado uma série de fotos lindas, em um lugar paradisíaco, gente bonita e clima de paquera e azaração (risos). Enfim, vivi um dos feriados mais inesquecíveis da minha breve vida em Punta del Este, a convite da Ausländer crew, durante o Punta del Este International Weekend. O PIW É um projeto de turismo etílico que aconteceu na cidade (não conhecia ainda) com várias festas cariocas, como o Baile do Zeh Pretim! e a própria festa da Ausländer, em uma maratona de sunsets, piscinas e boates durante quatro dias.

Partimos em um avião fretado da Whitejets – já com open bar nos ares. Vocês já beberam no avião? É uma loucura. Apenas um drink te deixa beeem bêbado, e assim que você aterrisa, a onda vai toda embora. Ah, e tinha DJ a bordo, claro.

Bandeira do Uruguay.

Look Polo + Bermuda Auslander desfile primavera-verão 2013

Breno Votto em por do sol puntaesteño

#condiciones na piscina no hotel Yoo, onde ficamos hospedados em Punta!

Quarto do hotel Yoo, a decoração inteira do hotel é do Philippe Starck (Fasano, Faena, entre outras pérolas)

Casio + Pulseiras Étnicas

Una vida muy difícil, no?

A Ausländer aproveitou a viagem para fotografar a campanha de inverno – essa da foto é Helena, a modelo do próximo shooting da Aus, com fotos de André Nicolau e styling de José Camarano.

Viajando por Punta del Este

CiX e seu fone dourado

I follow rivers, gipsy baby. (sic)

We are young.

Grimes.

O oásis que é a jacuzzi do Yoo.

Chinelo Rider para Ausländer, em homenagem ao Halloween. Incrível.

No último dia fizemos um programa obrigatório em Punta, a visita à Casa Pueblo, uma ex-casa de veraneio transformada em hotel e atração mais cool da cidade. No prédio há também um museu, galeria de arte, restaurante e…

… uma piscina, que rapidamente ocupamos com botellas de sangría.

Detalhe da Casa Pueblo.

O crepúsculo é um programa obrigatório na Casa Pueblo

E as polaroids individuais da nossa crew, que publico em breve em outro post.

Obrigado a todos por uma viagem tão FODA, que venha o Coachella 2013 (vai ter Ausländer Crew lá também). Preparem-se!

Fotos: André Nicolau, José Camarano, Breno Votto e Caio Braz (pelo Instagr.am)

12