Tag: oakley

Look de rolezeiro: três acessórios polêmicos que estão voltando com tudo

É meio doido pensar que os anos 90 e principalmente os anos 2000 já passaram há tanto tempo que já voltaram a ser tendência, né? Mas tá rolando e não é de hoje, mores. Com a internet e o acesso fácil a registros múltiplos de tempos tão remotos (kkk) fica ainda mais de boas desenterrar tendências bem específicas, como essas três que a gente listou abaixo e que, por sinal, são perfeitas para o fashionista fritness que há em nós.

Nem precisa virar a cara; aposto que você fazia isso pra pochete e hoje em dia não vive sem a sua pendurada no peito, risos. Talvez não, mas a graça é defender a liberdade de usar o que se bem entende e deixar ser, né? Vamos a elas!

BONÉ VON DUTCH:

Se você era adolescente nos anos 2000, provavelmente invejou seus colegas de escola que desfilavam bonés Von Dutch pelos corredores. Talvez você mesmo tenha ostentado o acessório ou acumulado uma pequena coleção, original ou cópia (beeem comum na época). Rolou? Bem, você não estava sozinho. Paris Hilton, Britney Spears, Justin Timberlake, Pharrell, Ashton Kutcher e até Jay Z foram alguns dos nomes responsáveis por fazer o boné bombar internacionalmente. E sim, ele está voltando.

A responsável quase que solitária pelo retorno da tendência é ninguém mais, ninguém menos que Kylie Jenner, a pessoa que pode postar uma foto no Instagram com literalmente uma melancia pendurada no pescoço e possivelmente uma multidão vai adotar a ideia. Na verdade faz sentido que o boné volte ao gosto do povo, já que os anos anos 2000 estão mesmo super na moda. Por enquanto ainda tem muita gente virando a cara, outros acham tão normal quanto usar qualquer outro boné, a gente acha que é uma referência maravilhosa pra revisitar, provocar e se divertir de um jeito saudoso. E você?

ÓCULOS SPORTY-RAVER ANOS 2000:

É isso aí que você leu no título, e a imagem de óculos de armação comprida e lentes coloridas e furta-cor que chegam a ofuscar talvez tenha vindo à mente. Uma coisa new-age meets escalador de montanha, por assim dizer. Desejadíssimos e usados à exaustão no início dos anos 2000, esses óculos de pegada Oakley eram o que havia de moderno na chegada do novo milênio. Com a retomada pesadíssima da estética da época que tá rolando agora, era de se esperar que os tão controversos acessórios sofressem uma retomada.

É só ficar atento para flagrar por aí uma galera antenada nas modas exibindo os seus, que vão da praia ao rolê fomentando o concept e sem deixar de chamar a atenção. A questão é, dessa vez, até quais ambientes levaremos essas comentadas lupas? Uma coisa é certa, para a geração multi-tarefas de hoje, que vai da pedalada ao escritório, do escritório ao mergulho e do mergulho à night, óculos com esse nível de conforto e proteção podem ser uma mão na roda. A Anitta, aliás, estava plena com os seus no clipe de “Is That For Me”.

CINTO DE LONA:

Quem foi mais rockeirinho nos anos 90 com certeza investiu num desses. Os cintos de lona com aquela fivela de metal meio espelhado eram queridinhos da juventude e chegavam a ser divertidos de comprar porque eram comuns lojas que vendiam as peças separadamente. Você podia escolher a lona nas cores que quisesse e arrematar com uma fivela com desenhos aplicados e outros detalhes. Quantas calças jeans de escola já foram seguradas por esses cintos…!

Agora eles voltam como uma das finalizações mais legais para a sua produção de rolezeiro, não só simplesmente segurando as calças, mas marcando cinturas em peças oversized e te ajudando também na hora de fomentar aquela cintura alta que voltou com força. A Off-White, marca babadeira do Virgil Abloh, tem sua releitura em lona com feixes diferentes, do de metal a encaixes mais inusitados (aqueles encaixes de plástico tipo de mochila e argolas de metal, por exemplo!) e comprimento exagerado. Acessório cheio de informação de moda. A Cacete, marca brasileira sobre a qual já falamos aqui, também tem um modelo basicão do tipo que vai com tudo e vale super investir, até porque é um material que aguenta o tranco. Aliás, se você investigar os cafundós do seu armário, capaz de achar um escondido.

Uma publicação compartilhada por braz (@caio) em