Tag: moda masculina

Short + manga longa, sim!

Se tem uma combinação que muito brasileiro ainda torce o nariz, é aquela onde o short acompanha um casaco de manga longa, seja em uma composição informal e mais ainda quando se trata de um blazer. Não sei quem foi que impregnou a mente dos brazucas com essa ideia. Mas estamos aqui para mostrar que existem maneiras espetaculares de explorar essa possibilidade de caso pensado. Inclusive, não precisamos esperar pelo verão, apesar das noites de inverno estarem congelantes – as tardes costumam oferecer sol e temperatura mais agradável.

 

Imagens e produtos comercializados pela ASOS, que também entrega aqui no Brasil.

Young Blood // Cotton Project

Eu tava pensando aqui que gostaria de poder ajudar todas as marcas que estão começando no Brasil – sim, eu me sinto na obrigação de promover quem tá começando e ajudá-los – assim como fizeram comigo. Empreender no nosso país não é fácil, tá sempre todo mundo muito duro no começo, e como é difícil fabricar roupas aqui com esses impostos intermináveis. Por isso criei a tag YOUNG BLOOD, para abrir meu espaço e promover os novos talentos, a nova safra, quem se arrisca. Pra começar, resolvi bater um papo com uma turma que está fazendo a lição de casa há algum tempo, e muito bem: a Cotton Project.

A Cotton Project tem esse jeito cool que a gente encontra em algumas marcas de streetwear gringas – misturando uma simplicidade certeira no design, preço acessível e uma referência elegante às culturas de surfe e skate. É como se uns amigos da Suécia tivessem feito uma marca de streetwear. Acho bacana porque é uma das poucas marcas que traz a cultura de praia sem o culto tão óbvio e massificado às praias do Rio de Janeiro, ou de Florianópolis – Os chinos são as minhas peças preferidas – tenho três, e uso bastante: a modelagem e as cores são do jeitinho que a gente gosta.

Uma dica: agora a Cotton Project está em promoção, liquidando as peças de inverno que você vê aqui embaixo. Dá uma conferida lá no e-commerce. Mas tô ansioso mesmo pelo lançamento do próximo verão, ouvi dizer que vem cheio de peças legais!

Blogs e revistas que tem a ver com a marca: Apartamento magazine, Huhmagazine.co.uk e jjjjound.com

Se a sua marca fosse uma música, qual seria? Ariel Pink Haunted Graffiti – Round and Round

Descreva a marca em 140 caracteres: Beachwear que nasceu em São Paulo

O que há de melhor em ser uma marca jovem? Velocidade de mudança e fazer na coleção exatamente o que gosta

E de pior? Tudo que envolve a burocracia do negócio, de capital de giro a direitos trabalhistas.

The Sartorial 7

Incrível mesmo é quando sete homens de muito bom gosto se encontram em uma sala  linda para um debate sobre moda masculina, lifestyle londrino e o que mais estiver na mesa. Sim! É exatamente isso que acontece no Sartorial 7, projeto que idealiza um coletivo composto por sete caras superbem informados que respiram e vivem moda.

Então a história é a seguinte: de tempos em tempos eles se encontram e compartilham ideias sobre moda masculina, estilo de vida e algum tópico específico de styling, enquanto são filmados no melhor estilo documentário. Olha que bacana que ficou…

The Sartorial 7 – “A Style Collective, 7 Gentlemen and 1 Style Topic” | Terry Donovan from ThreadsTV on Vimeo.

O primeiro encontro foi focado no lançamento da linha de acessórios masculinos da Shimla, marca londrina inspirada na magia e espiritualidade do Vale Shimla, no Himalaia, e que em questão de pouquíssimo tempo virou hit entre os londoners mais fashionistas.

No próximo mês serão lançados sete teasears sobre o primeiro encontro do Sartorialist 7 que rolou no boardroom da Coffin On Cake, uma empresa de RP focada em moda e localizada em um dos bairros mais hypados de Londres, Shoreditch. Aqui a gente dá uma prévia do perfil dos  Sartorials e, de resto, é esperar para ver.

Terry Donovon – RP de moda

 

Jay London – Radialista e agitador cultural

 

Jonathan Daniel Pryce – Fotógrafo de moda e idealizador do site GarçonJon

 

Mickey Dale – RP de moda

 

Alfie-Lee Marcus – Personal Stylist da Topman

 

Nigel Ruwende – Editor do site especializado em estilo masculino Individualism

 

Phil Green – Gerente de Personal Styling da Topman

Menswear Milão Verão 2013: Highlights

O final de junho contou com a agitada semana de moda masculina de Milão, pólo de onde muitas das nossas marcas preferidas apresentam o que prepararam de bom para nós rapazes. Nesse Verão, fizemos um apanhado de um pouco do que vimos de melhor, do que gostamos, e do que nos chamou a atenção na trajetória de marcas que sempre ditam moda. Preparados?

O gladiador Versace apareceu nas sandálias, cinturões, e no icônico dourado da marca. Permeando todo o desfile, o brilho metalizado (e também perolado!) conquistou a alfaiataria, gravatas, jaquetinhas, tote-bags e a maioria dos sapatos. Quando o assunto é estampa, um belo floral se mistura com a padronagem icônica da grife e outras de gravataria, rendendo boas combinações. As lindas e levinhas camisetas cortadas a laser, forram looks jeans onde a grande aposta são os bolsos. Será?

A Missoni sabe sua zona de conforto, e dentro dela dança sem medo. Avançando com sua expertise, a casa italiana traz agora textura e bordado ao seu knitwear. Alfaiataria e looks com humor de tapeçaria persa batem ponto, enquanto o mostarda, laranja queimado e outros tons terrosos análogos, parecem ter de fato entrado no gosto da família, colorindo seus desfiles há um bom tempo com uma atmosfera “desert sunset”.

Redescobrindo e explorando a alfaiataria, o Verão 2013 do menswear de Roberto Cavalli se edificou em uma só palavra: glamour. Como um complemento-empurrãozinho para aqueles que já tem a atitude, sua coleção foi impecável, com alfaiataria pra todos os gostos. Desde o mais simples conjunto, certeiro e monocromático, até o mais ousado, recoberto em glitter, o glamour estava lá. Muito além das roupas, em sua melhor e mais bem acabada forma.

Tudo deu certo nesse Verão da Gucci: alfaiataria em explosão de cores (pistache, azul, amarelo, pitanga, pink…), bons suéteres, poás, os clássicos sapatos e até estampas que pareciam ter saído de um lenço Hermès – o que mais gostamos! Contida em vários sentidos, tanto nas formas quanto no conceito, Frida Giannini achou na simplicidade e nas boas escolhas uma bela maneira de se destacar, acertando e muito.

Também na Prada, uma onda minimalista: depois de temporadas que ditavam tendências e lançavam acessórios memoráveis – como esquecer dos oxfords com plataformas de corda ou dos franjados do verão passado? –, nada aqui surpreende ou nos salta aos olhos, além do indiscutível bom gosto. Clássica, e não por isso menos importante, a coleção nos trouxe ótimos looks bicolores (calças à la Céline) e cartela berry, que tem virado macrotendência por aí (vinhos, azuis escuros e arroxeados). Com uma vontade menos playful, Miuccia parece exclamar aos seus rapazes: comportem-se!

 

Gostou? Qual outro desfile da semana de moda de Milão chamou sua atenção? Divida com a gente sua opinião!

Chegou a Made in Brazil #5!

A Made in Brazil, uma das publicações mais legais que surgiu sobre moda no Brasil, e talvez a melhor de moda masculina, volta às prateleiras nesta semana com a sua quinta edição. Para quem ainda não conhece, a MiB vem sempre recheada de boys exclusivamente brasileiros, e dessa vez, trouxe na capa ninguém menos que Cauã Reymond, usando a tão desejada estampa Paradise, da Givenchy.

Eu conversei com o Juliano Corbetta, editor da revista e do blog Made in Brazil, para o GNT Fashion na temporada passada do São Paulo Fashion Week, e você pode conferir a entrevista aqui. Para esta nova edição, ele adiantou que fez uma parceria com a Blue Man, que desenvolveu estampas exclusivas para a revista, que vai ser publicada com 180 páginas (quase um livro). Entre outros colaboradores estão fotógrafos como Marcelo Krasilcic, Gui Paganini, e o querido stylist Paulo Martinez.

A Made in Brazil começa a ser vendida na Livraria Cultura, a partir de sexta-feira, ou online, direto do blog. São apenas 1100 cópias, para todo o mundo!