Carnaval: 7 inspirações belas e imperdíveis de como usar purpurina no rolê + como aplicar e retirar

A gente sabe que no carnaval — que, por sinal, já começou — até mesmo quem odeia purpurina volta para casa feito uma estrela no céu. Não tem jeito; sempre haverá alguém para jogar glitter na sua cabeça sem pedir licença, sempre haverá o beijo, o abraço e a dança que cobram o pedágio do brilho e te deixam ornando com o rolê. Para quem se dá por satisfeito com a apropriação da purpurina alheia (kkk), é ótimo! Mas para aqueles que gostam de fazer uns desenhos especiais com os pontinhos brilhosos antes mesmo de sair de casa ou de pedir aquela ajuda ao amigo no meio do bloquinho para fomentar um concept de glitter no rosto, aqui vão umas inspirações para gravar na memória!

COMO UMA MÁSCARA

De uma linha embaixo dos olhos até a testa, onde você pode finalizar com um formato mais arredondado. Use a purpurina para fazer as vezes de máscara! É fácil e todo mundo entende a referência. Aliás, se você estiver usando uma fantasia de super-herói do tipo que usa máscara, pode ser bem legal fazer essa fake de glitter. Para maior aderência, use gloss ou protetor labial (passe com cuidado no formato que deseja e depois, se quiser, tire o excesso com um pincel seco).

NA BARBA

Essa não é mais novidade, mas que o efeito fica carnavalesco e vistoso não se pode negar. O Buzzfeed Austrália inclusive postou um “faça você mesmo” completíssimo para alcançar o resultado perfeito (bom também para quem gosta de efeitos mega definidos!). Se você não é tão exigente assim, pode investir na pasta de gel com purpurina e depois aplicar mais purpurina por cima para potencializar o brilho.

NOS CABELOS

Um cabelo mega purpurinado feito esse é de impacto imediato no meio do povo (até porque às vezes tudo que a gente vê é cabeça saltitante rs). Para conseguir esse efeito, siga os mesmos passos do tutorial da barba (gel + purpurina e + purpurina ainda).

NA LATERAL E AVANTE

Bem massa esse efeito que pega um bom pedaço da lateral do rosto e avança para os cabelos! É comum vermos uma galera com essa lateral bastante purpurinada, mas o avanço para os cabelos dá uma originalidade à coisa. Use gloss ou protetor labial para aplicar a purpurina no rosto e gel para modelar o cabelo e depois aplicar os pontinhos. Se quiser um exagero de brilho, um pincel ajudará no serviço!

NA LATERAL E ABAIXO

Outro jeito de dar um tchan a mais na purpurina passada na lateral do rosto é trazer ela para baixo. Uma ótima para quem tá a fim de marcar o maxilar avantajado ~kkk.

NA MARQUINHA DE SOL

Sabe quando você exagera um pouco no sol e fica com aquela linha marcada no rosto que pega as bochechas e o nariz? Então, que tal aplicar a purpurina nessa região? Se duvidar, rola até escolher uma cor de purpurina que lembre esse efeito, fica lúdico. Como sempre, se jogue no gloss ou protetor labial pra fixar o barato.

NO CANTO DOS OLHOS

Bem mais sutil do que pavão o efeito dessa purpurina aplicada com cuidado nas laterais externas dos olhos. Apesar de pouca coisa, quase nada, ainda assim vale se aproveitar daquele gloss maroto para não perder os brilhos na avenida. Agora, o desafio é conseguir não voltar para casa com (muito) mais purpurina do que saiu kkk.

BÔNUS CORPORAL

Essa não é uma referência de purpurina (apesar de ser facilmente substituído o material), mas fica bem bonito e carnavalesco o efeito de uma tinta brilhosa aplicada no corpo em regiões que já são naturalmente mais marcantes (músculos, dobras, ossos, desenho do rosto…).

E PARA TIRAR?

Uma das partes mais traiçoeiras de tanta farra da purpurina é conseguir tirar tudo depois, mas algumas dicas te ajudam nessa árdua tarefa.

– Use shampoo anti-resíduos: barba, cabelo e bigode agradecem uma hidrataçãozinha depois. E a boa é lavar pelo menos duas vezes!

– Use fita crepe: cole a fita crepe nas regiões da sua pele que estão purpurinadas e depois retire. A diferença é notável, mas você terá que repetir algumas vezes a ação para ficar perfeito (ou quase hehehe).

– Use demaquilante: aplique uma boa quantidade do produto no algodão e depois deixe agir de forma que você sinta a sua pele úmida. Puxe de vez para trazer a purpurina junto!

– Tome banho de shampoo: parece maluquice, mas é sério, e nesse caso pode ser qualquer shampoo. É que o sabonete vai acumulando a purpurina que ele retira do seu corpo e aí fica aquele passa pra lá, passa pra cá… Tomar um banho de shampoo (fazendo bastante espuma) ajuda bastante nessa função ingrata rs.

Gostaram das dicas? Fiquem ligados que vem mais papo de carnaval por aí. E quem tiver outras belas referências purpurinadas ou dicas de como tirar o paranauê depois, conta aqui!

Comments