Ausländer Musik Festival: aquecimento!

Rio de Janeiro hosts music festival on Saturday

Prepara o look de festival que tem mais um chegando aí! É o Ausländer Musik Festival, que vai bombar no próximo sábado, dia 29. Em sua segunda edição, “Rock on The Mountain”, o festival mantém a pegada menos mainstream mas pra lá de dançante do seu line-up e promete novidades. “Ano passado fizemos no Castelo, que é lindo, porém pequeno pra conseguir essa atmosfera que nós gostaríamos. Esse ano, faremos no Parque Municipal de Itaipava, um lugar com uma área verde imensa”, diz o head da Ausländer Ricardo Brautigäm, A.K.A. Cadinho.

Serão 13 horas de música e 20 atrações divididas entre o Main Stage, a pista NOON e o Pocket Stage desde cedo. Aliás, uma das graças de ir a festivais está mesmo em curtir o dia, e é por isso que os portões serão abertos às 13h e vai rolar open bar até as 16h. “A expectativa é conseguir trazer a vibe dos festivais gringos como Coachella e Way Out West para o Brasil. Um festival sem multidão e com muita interatividade, como bungee jump, balão tripulável, cinema do Canal OFF, Food Truck Village…”, fala Cadinho. Ainda tem ingresso, então cooorre pra comprar!

PROGRAMAÇÃO

MAIN STAGE: 14h-15h KinKid / 15h30-16h20 Jesuton / 16h50-17h30 Rio Shock / 18h-18h50 Kakkmaddafakka / 19h20-20h10 Mapei / 20h40-22h Icona Pop / 22h30-01h Zeh Pretim Crew

POCKET STAGE: 15h-15h30 Rodrigo Esper(Manie Gang) / 16h20-16h50 ZedoRoque / 17h30-18h Felipe Guga / 18h50-19h20 Cix e Yasmin / 20h10-20h40 Wladimir Gasper / 22h-22h30 (a confirmar)

PISTA NOON: 18h-20h Bernardo Campos / 20h-22h Flow & Zeo / 22h-23h30 Leondre / 23h30-00h30 Diogo Accioli (a confirmar) / 00h-02h Phonique

Conta Mais?

KinKid Projeto do carioca José Hesse com referências de trip-hop, som ambient e inspiração em Thom Yorke, Vincent Gallo e Boards of Canada, por exemplo. O resultado é um eletrônico experimental imperdível.

Jesuton A moça é inglesa e foi descoberta cantando pelas ruas do Rio de Janeiro. Hoje ela é figurinha carimbada da cidade e tem contrato assinado com a Som Livre. Ouça “Part Time Lover” pra conhecer seu vozeirão de diva.

Rio Shock Duas palavras: “Moleque Transante”. Tá, mais uma: “Sensualizar”. Já queremos suar na pista com esse som divertidíssimo!

Kakkmaddafakka Indie rock norueguês gostosinho, com aquele clima perfeito de festival e influências de hip-hop, reggae, disco, R&B e house. Ouça “Restless” enquanto se arruma pra sair.

Mapei Certamente você já ouviu “Don’t Wait” pelas rádios da vida. Mapei é americana, foi criada na Suécia e descoberta por Diplo. Seu som é mistura fina entre R&B e funk carioca.

Icona Pop Caroline Hjelt e Aino Jawo lançaram o Icona Pop em 2009, após prometerem fazer músicas juntas quando estavam bêbadas numa balada na Suécia. Quem nunca cantou “I Love It” a plenos pulmões na night não sabe o que tá perdendo!

Zeh Pretim Crew Fechando a noite, o crew de DJ’s reis do cenário carioca: Zeh Pretim, Zedoroque e Rapha Lima, com sucessos variadíssimos do pop ao indie, do hip-hop ao charme, do soul ao trap, dos 80’s aos 90’s.

Ano passado foi assim!

ENGLISH

Prepare your festival outfit because there is another one coming! The Ausländer Musik Festival will take place on Saturday 29th. In its second edition, “Rock on The Mountain”, the festival keeps the “not so mainstream but definitely danceable” line-up and promises some new features. “Last year we did it in the Itaipava Castle, which is beautiful but small to achieve the atmosphere we would like. This year the festival takes place in the Municipal Park of Itaipava, a place with a huge green area,” says the head of Ausländer Ricardo Brautigam, AKA Cadinho.

13 hours of music and 20 attractions await you in the Main, NOON and Pocket stages all day long. In fact, one of the coolest things about going to festivals is to enjoy the daylight, and that’s why the gates will open at 1pm, with an open bar until 4pm. “The expectation is to bring the vibe of festivals like Coachella and Way Out West to Brazil. A festival without crowd and with lots of interactivity, such as bungee jumping, manned balloon, movies, Food Truck Village…” says Cadinho. Tickets are still for sale, so run run run and buy yours!

Tell Me More!

KinKid José Hesse is from Rio and the one behind this project, that has trip-hop and ambient references and inspirations such as Thom Yorke, Vincent Gallo and Boards of Canada. The result is a must-see experimental electronic sound.

Jesuton The lady from England was discovered singing in the streets of Rio de Janeiro and signed with Som Livre record label. Listen to “Part Time Lover” and get to know her diva voice!

Rio Shock With hits like “Moleque Transante” and “Sensualizar”, this Brazilian sound will make you sweat!

Kakkmaddafakka The Norwegian indie rock is delicious and a serious festival material, with hip-hop, reggae, disco, R&B and house influences. Listen to “Restless” while getting ready to go!

Mapei You’ve probably heard “Don’t Wait” out there. Mapei is an american chick raised in Sweden and discovered by Diplo. Her sound is a fine fusion between R&B and Brazilian funk.

Icona Pop Caroline Hjelt and Aino Jawo started Icona Pop in 2009, after drunk promising each other they would make music together in a party in Sweden. If you ever sang “I Love It” super loudly in a party, you know what I’m talking about.

Zeh Pretim Crew Closing the night, the famous Rio de Janeiro DJ’s Zeh Pretim, Zedoroque and Rapha Lima will present hits from pop to indie, from hip-hop to brazilian music, from soul to trap, from the 80’s to the 90’s.

Fotos: I Hate Flash / Ausländer / Divulgação

Comments